Assistentes Sociais e estudantes participam do II Seminário Estadual sobre o Trabalho da/do Assistente Social na Política de Assistência Social

A A A A

O II Seminário Estadual sobre o Trabalho da/do Assistente Social na Política de Assistência Social  que aconteceu nesta segunda-feira, dia 1º, reuniu dezenas de estudantes e profissionais de serviço social. O evento foi realizado pelo Conselho Regional de Serviço Social da 16ª Região (CRESS/AL) no Centro Universitário Tiradentes (Unit), em Cruz das Almas.

A assistente social e conselheira integrante da Comissão de Seguridade Social do CRESS/Alagoas Martha Aragão, na abertura do evento ressaltou a importância do debate diante do desmonte das políticas sociais pontuando que essa realidade tem sido um grande desafio às/aos Assistentes Sociais. Durante a mesa de abertura, a conselheira do CFESS Elaine Pelaez comentou que o tema do II Seminário promove “um debate profícuo e necessário diante da exploração do trabalho, a criminalização das lutas sociais, os ajustes financeiros e a série de contra reformas que são medidas que impactam os trabalhadores da assistência social e a sociedade como um todo”.

Pelaez destacou ainda que “o trabalho das/dos assistentes sociais tem muita capilaridade nos municípios e é conhecido que as condições não são favoráveis, principalmente neste momento de restrição de recursos”.

Na sequência a presidente do CRESS/AL, Marciângela Gonçalves elencou os ataques que a categoria tem enfrentado e reforçou que eventos como este são essenciais para a construção coletiva de estratégias de luta e resistência da categoria.

Mesa Redonda

A mesa redonda sobre “A Política de Assistência Social na conjuntura de desmonte das políticas públicas e os desafios para o trabalho da/o assistente social” contou com a participação do professor Doutor Adilson Aquino Júnior, da faculdade de Serviço Social da UFPE, e da professora Doutora Rosa Prédes, da faculdade de Serviço Social da Ufal e também assistente social membro da COFI/CRESS-AL.

Abordando o desmonte das políticas sociais e os recentes ataques ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e os seus impactos no cotidiano da categoria, Adilson Aquino Júnior reforçou que “as preocupações que mobilizam a categoria neste momento são comuns para entender a atual situação onde se faz essencial a busca de soluções para esse retrocesso que se iniciou com a crise econômica e pelo pós-golpe”.

Na sequência, a professora Rosa Prédes mencionou “o valor do exercício da autonomia política, pois independente dos perfis dos governos as contradições estão sendo avaliadas pela nossa categoria sem a preocupação de acordos ou acertos, uma vez que os valores que defendemos fazem parte de um coletivo”.

Após as colocações dos integrantes da mesa aconteceu um debate onde foram elencadas diversas realidades e experiências.

No período da tarde foi realizada a segunda mesa redonda que abordou “Estratégias de mobilização e resistência das/os assistentes sociais em defesa do SUAS e do exercício profissional”.

O tema destacou o posicionamento do Conjunto CFESS/CRESS diante do desmonte das políticas sociais, particularmente a política de Assistência Social e a construção de estratégias coletivas de mobilização, qualificação e resistência em defesa do SUAS.

Elaine Pelaez abordou as dificuldades e limites impostos pela política, os ajustes fiscais vindos com a contenção de gastos que ocorre desde 1988 e o enfrentamento dessas situações como uma política pública no campo dos direitos, lembrando também a agenda ética política do conjunto CFESS/CRESS e a luta maior da sociedade contra o capitalismo, além de citar algumas bandeiras de luta da categoria.

A conselheira do CRESS - Alagoas Martha Aragão fez uma exposição sobre a redução dos direitos sociais, a mercantilização de serviços, o fortalecimento dos planos privados e pontuou as demandas e lutas dos trabalhadores e as determinações do capital.

Integração

A assistente social Wellida Santos comentou que o II Seminário Estadual sobre o Trabalho da/do Assistente Social na Política de Assistência Social foi “muito esclarecedor e instigante onde os temas abordados nas discussões serviram de alerta principalmente para aqueles/as trabalhadores/as que ficam isolados e pensam de forma individual”.

Satisfeita com os temas elencados e com a dinâmica do evento, a assistente social Goretti Bastos reforçou que “o evento trouxe muitos esclarecimentos e promoveu uma maior integração entre a categoria”.

Certificados

A organização do evento informa que os certificados serão enviados por e-mail até o final da semana.

 

Comentários

CFESS

Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress). Acesse o site aqui.

Fale Conosco

Tratar a sua manifestação com independência, isenção e ética é o nosso compromisso.



(82) 3221.5305
Rua Sete de Setembro, nº 184, Centro, Maceió (AL), por trás do Espaço cultural da UFAL. Horário de funcionamento: de segunda à quinta, das 13h às 17h, e sexta, das 9h às 13h.

© 2013 CRESS-AL. Todos os direitos reservados.
É proibida cópia total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.