CRESS/AL inicia curso de extensão Relações Étnico-Raciais e Serviço Social

A A A A

Na quinta-feira, 02, aconteceu a abertura do Curso de Extensão Relações Étnico-Racial e Serviço Social, que teve como atividade inicial a Aula Inaugural, ministrada pela assistente social e docente em Serviço Social, a Doutora Teresa Cristina Vital. A iniciativa é o resultado da parceria entre o Conselho Regional de Serviço Social da 16ª Região (CRESS/AL), a Faculdade de Serviço Social da Universidade Federal de Alagoas (FSSO/UFAL), o Instituto do Negro de Alagoas (INEG/AL), o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB/UFAL) e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI/IFAL).

 

A solenidade ocorreu no auditório do Instituto Federal de Alagoas (IFAL) e foi aberta ao público. Na ocasião, ocorreu uma solenidade de abertura que contou com a participação da assistente social Marciângela Gonçalves, Conselheira Presidente do CRESS/AL, a Professora Sueli Nascimento, Coordenadora da Faculdade Serviço Social da UFAL, a professora Andréa Pacheco, vice-presidente da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS) - Regional Nordeste, a professora Lígia Ferreira, coordenadora do NEAB/UFAL e o professor Amaro Leite, membro do NEABI/IFAL.

 

 

 

 

A presidente do CRESS/AL, Marciângela Gonçalves, pontuou que o curso é uma das ações que o Regional tem desenvolvido a partir da campanha de gestão do Conjunto CFESS-CRESS (2017-2020) “Assistentes Sociais no Combate ao Racismo” cuja construção e proposta do curso foi feita em articulação com o movimento negro e organizações que tem se debruçado a discutir a questão racial no estado, ressaltando que “o curso propõe um processo de formação além da leitura e estudo, a troca de saberes e construção de propostas de intervenção profissional”.

 

A coordenadora da Faculdade de Serviço Social da UFAL (FSSO-UFAL), Sueli Nascimento, por sua vez, afirmou ainda que “as pessoas às vezes passam por situações racistas e não percebem, porém a campanha desvenda uma cortina que por muitos/as é vista como "normal" e o CRESS/AL trouxe o tema para o enfrentamento onde o curso é uma possibilidade dos/das profissionais da ação social terem uma ação crítica sobre o processo”.

 

Ainda na abertura, a professora Andréa Pacheco comentou que é muito importante promover o debate sobre a temática racial, haja vista que há uma dívida histórica com os negros e lembrou ainda que “não basta ser contra o racismo, precisamos ser antirracistas”. Destacando os diversos ataques que a população vem sofrendo, o coordenador do NEABI/IFAL, Amaro Leite, disse que o curso de extensão é essencial uma vez que “é preciso pensar e refletir para poder enfrentar todo o retrocesso que a população negra está sofrendo”. Lígia Ferreira, coordenadora do NEAB/UFAL, ressaltou a importância das políticas afirmativas e o quanto essa discussão é imprescindível para a afirmação da negritude. Salientou ainda que em Alagoas, 68% da população é negra e, portanto “é essencial conhecer a realidade dessas pessoas para poder produzir a mudança”.

 

Após a solenidade de abertura do Curso, assistente social e docente em Serviço Social, Teresa Cristina Vital, ministrou a aula inaugural “Questões étnico-raciais e serviço social” onde falou sobre as relações raciais no Serviço Social a partir do local no qual se insere na divisão social e técnica do trabalho. Teresa, Militante há mais de 30 anos do Movimento Negro no estado de Pernambuco, abordou questões como racismo estrutural, ambiental, religioso e outras formas de racismo que estão presentes nas relações históricas e sociais, trazendo à tona a necessidade de que o Serviço Social aprofunde o debate e de que, “como assistente social, o profissional precisa fazer uso de seus referenciais e observar sempre que a demanda do sujeito negro está além da aparência”.

 

 

 

 

INÍCIO DO CURSO

 

 

Na sexta-feira, dia 03, no auditório da Biblioteca da UFAL, foi ministrada a primeira unidade do curso de extensão, que tem como título “A presença negra na formação socioeconômica de Alagoas e do Brasil”. O professor e doutor em antropologia e integrante do Instituto do Negro de Alagoas (INEG/AL), Jeferson Santos, problematizou os principais aspectos referentes à presença negra no Brasil e em Alagoas, onde por meio de uma abordagem histórica expôs elementos com o intuito de “proporcionar às/aos assistentes sociais instrumentos para que possam traçar políticas públicas voltadas à população negra em seus locais de trabalho”, salientou.

 

 

 

No sábado, dia 04, foi realizada a aula da segunda unidade do curso, onde as/os alunas/os participaram de aula de campo na Serra da Barriga, na cidade de União dos Palmares, ministrada pela professora Márcia Susana Gonçalves, mestra em educação Esta unidade abordou o tema “Revivendo Palmares”, realizando um breve estudo da historiografia do Quilombo dos Palmares e sua importância para o delineamento do patrimônio cultural e a construção multicultural da diferença como referencial de identidades, além de conhecer o Memorial Quilombo dos Palmares localizado na Serra da Barriga, patrimônio cultural do Mercosul.

 

 

 

Na Unidade II, a Professora-doutora Ligia Ferreira, do NEAB/UFAL trouxe para os alunos o debate sobre “Gênero, raça e diversidade cultural”. Já na unidade III,  aconteceu uma ampla discussão sobre Políticas públicas para população negra”, cujo tema foi abordado pelo professor-mestre Leandro Rosa, do INEG.

 

 

O curso ocorrerá nos meses de maio e junho e será ministrado por especialistas no debate étnico racial em Alagoas e tem como público as/os  assistentes sociais que atuam no estado de Alagoas.

 

Saiba mais...


CRESS Alagoas realiza Curso de Extensão Relações Étnico-Raciais e Serviço Social 

 

Assistentes Sociais no Combate ao Racismo 

 

CRESS/AL se reúne com representantes de movimentos sociais e instituições para debater ações de Combate ao Racismo 

Comentários

CFESS

Autarquia pública federal que tem a atribuição de orientar, disciplinar, normatizar, fiscalizar e defender o exercício profissional do/a assistente social no Brasil, em conjunto com os Conselhos Regionais de Serviço Social (Cress). Acesse o site aqui.

Fale Conosco

Tratar a sua manifestação com independência, isenção e ética é o nosso compromisso.



(82) 3221.5305
Rua Sete de Setembro, nº 184, Centro, Maceió (AL), por trás do Espaço cultural da UFAL. Horário de funcionamento: de segunda à quinta, das 13h às 17h, e sexta, das 9h às 13h.

© 2013 CRESS-AL. Todos os direitos reservados.
É proibida cópia total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.